20.4.14

Folar (ou será um bolo?) de Páscoa


E como na Páscoa não pode faltar o tradicional folar, apresento a minha versão... que mais parece um bolo. Como por aqui ninguém gosta do ovo, e convenhamos só atrapalha na altura de cortar e comer uma generosa fatia, este folar não tem o tradicional ovo cozido, mas ficou delicioso mesmo assim.



                Doses: + 12      Tempo de preparação: 25 min      Tempo de cozedura: 60 min      Dificuldade: Fácil


Ingredientes:
150 ml azeite
250 g de açúcar amarelo
5 ovos
150 ml de mel de rosmaninho
1 c. chá de erva doce
1 c. sopa de canela
raspa de 1 limão
sumo de 1/2 limão
250 g de farinha (100 g de farinha de trigo + 150 g de farinha integral)
1 c. sobremesa de fermento em pó





Modo de preparação:
1. Ligue o forno a 190ºC. Unte uma forma, de 20 cm de diâmetro, com manteiga e polvilhe com farinha e canela. Reserve.
2. Bata o azeite com o açúcar até obter um creme esbranquiçado e fofo. Junte os ovos um a um, o mel, a canela, a erva doce e a raspa de limão, batendo sempre.
3. Junte a farinha peneirada e bata bem. Por último, junte o sumo de limão, incorpore e verta o preparado na forma.
4. Leve ao forno durante aproximadamente, uma hora. 
5. Desligue o forno e deixe arrefecer o folar lá dentro. Depois de frio desenforme-o e disponha-o num prato de servir. Decore com figos em calda e amêndoas de Páscoa.



Bom apetite e uma Páscoa abençoada!



Feliz Páscoa







Uma Páscoa abençoada para todos!



Fonte: http://supremeweb.net/blog/mensagens-frases-pascoa-2014/




19.4.14

Parabéns!...


Como o tempo passa... Hoje o "Sabores com Tempo" comemora dois anos no Blogger.

Partilho um bolinho simples (e de maçã, claro!), como simples é a comida que por aqui se faz, para festejar convosco este aniversário.


Bolo de maçã


Doses: + 12     Tempo de preparação: 20 min      Tempo de cozedura: 45 min      Dificuldade: Muito fácil


Ingredientes:
275 g de açúcar mascavado
250 g de farinha de trigo
4 maçãs médias
3 ovos
15 g de fermento
Açúcar e canela em pó q.b.




Modo de preparação:
1. Ligue o forno a 180ºC. Unte e polvilhe com farinha uma forma com 20 cm de diâmetro. Reserve.
2. Lave, pele, retire as sementes e corte em cubos pequenos as maçãs. Tempere com canela e açúcar em pó e reserve.
3. Bata o açúcar com os ovos até obter um preparado fofo e esbranquiçado. Junte a farinha misturada com o fermento e peneirada, sem deixar de bater.
4. Junte a maçã escorrida e envolva bem. Verta o preparado para a forma e leve ao forno por, aproximadamente, 45 minutos.



Muito obrigada por continuarem desse lado e Bom apetite!



Fonte: http://peramblogando.blogspot.pt/2010_12_01_archive.html; Costa, Carina, Meses Doces, Ed. Marcador, p. 27.




18.4.14

Ensopado de enguias para a 6.ª Feira Santa





Doses: 4      Tempo de preparação: 30 min (+24h)      Tempo de cozedura: 45 min     Dificuldade: Fácil


Ingredientes:

1 kg de enguias
1 kg de tomates maduros
1 pimento vermelho
3 cebolas médias
6 dentes de alho
1 ramo de cheiros (louro, coentros, salsa e hortelã da ribeira)
Vinagre, sal, pimentão, azeite, pimenta, vinho branco e água q.b.
1 pão de véspera


Modo de preparação:

1. Amanhe as enguias e corte-as em bocados. Tempere com sal, pimenta, vinagre, vinho branco, 3 dentes de alho esmagados com a casca e metade do ramo de cheiros e deixe marinar por 24 horas.
2. Pele, lave e corte em rodelas a cebola. Pele, lave e corte em lascas os dentes de alho. Lave, pele, retire as grainhas e corte em cubos o tomate. Lave e corte em tiras o pimento. Reserve.
3. Faça um refogado com azeite, cebola e alho. Deixe refogar um pouco e junte o tomate, o pimento, o restante ramo de cheiros e o pimentão e deixe estofar com o tacho destapado por, aproximadamente, quinze minutos. Regue com vinho branco, junte um pouco de água e deixe ferver mais cinco minutos. Junte as enguias escorridas, retifique os temperos e deixe cozer por mais vinte minutos.
4. Entretanto, corte o pão em fatias finas e frite em azeite bem quente. Escorra em papel absorvente.
5. Disponha as fatias de pão frito numa terrina, coloque as enguias por cima e verta o molho. Decore com salsa e coentros picados finamente e sirva de imediato.


Bom apetite e uma Páscoa abençoada.



13.4.14

Um dia excecional!


Ontem foi um dia em cheio! Foi a abertura oficial do 1.º Festival Gastronómico do Concelho de Alcoutim "Sabores da Serra ao Rio" com um excelente programa que teve inicio com um recheado pequeno-almoço Serrano, onde não poderia faltar o presunto e paio caseiros, as azeitonas britadas, o queijo de ovelha curado, o queijo de cabra fresco e o pão, o folar, o bolo de massa do pão, as filhós, o mel, o café de "escolatera" e o chá.




Seguiu-se a tradicional sessão de abertura com a presença do Sr. Presidente da Câmara Municipal de Alcoutim, Osvaldo Gonçalves, do Sr. Presidente da RTA, Desidério Silva, do Representante da Confraria de Gastrónomos do Algarve, José Graça, e do Sr. Diretor da Escola de Hotelaria e Turismo de Vila Real de St.º António, David Murta.




Mas o melhor veio logo a seguir com o Showcooking "Tributo aos Sabores da Serra ao Rio"do conceituado Chef Leonel Pereira, que para quem não sabe é natural do concelho de Alcoutim e um conhecedor das ervas aromáticas que usamos na confecção dos pratos da nossa tradição gastronómica. Apesar de o conhecer há algum tempo, confesso que me deixou maravilhada com o seu poder de comunicação e a sua simplicidade e claro com os magníficos pratos que apresentou.





Tributo ao "Jantar" de grão





Peixe do Rio com migas de tomate e molho de alho





Javali com gnocchi de beterraba e puré de maçã




Palavras para quê?

PROVEI, ADOREI E REPETIREI!


Seguiram-se alguns minutos de excecionais ensinamentos com as palestras "O Património Gastronómico enquanto atrativo local", da Doutora Maria Manuel Valagão, e "Dieta Mediterrânica – Património Cultural Imaterial da Humanidade", do Dr. Jorge Queiroz.





E para terminar o Showcooking "Sabores da minha terra!", da Chef Milene Nobre, que nos deliciou com uma linda sobremesa.





Pudim de mel em cama de citrinos e Torta de alfarroba em cilindro de caramelo.





Foi um dia excecional apesar de física e emocionalmente esgotante e só tenho a agradecer a todas as pessoas que tornaram este evento possível com a sua dedicação e profissionalismo. 

MUITO OBRIGADA A TODOS E ATÉ PARA A PRÓXIMA.


Deixo-vos com um convite: 

Venham visitar-nos e degustar todos estes sabores nos restaurantes aderentes ao 1.º Festival Gastronómico do Concelho de Alcoutim "Sabores da Serra ao Rio", de 12 de abril a 18 de maio.




7.4.14

1.º Festival Gastronómico do Concelho de Alcoutim


A primeira edição do Festival Gastronómico de Alcoutim "Sabores da Serra ao Rio" é dedicada aos sabores da Primavera e vai decorrer nos restaurantes do concelho, de 12 de Abril a 18 de Maio.





Nos nossos restaurantes  pode degustar os pratos mais típicos da nossa gastronomia, como lampreia, ensopado de enguias, cozido de grão, sopas de tomate, migas com carne de alguidar, ensopado de borrego, favas à Algarvia, caldeirada de peixe do rio, torta de alfarroba, bolo de figo com amêndoa, pudim de mel, doce de figo da Índia, entre outros.





O Festival terá início no dia 12 de abril com a Palestra "Sabores da Serra ao Rio" que conta com as ilustres presenças da Prof.ª Doutora Maria Manuel Valagão e do Dr. Jorge Queiroz, abrilhantada por dois showcookings com o conceituado Chef Leonel Pereira e a jovem Chef Milene Nobre.






Venha deliciar-se com as nossas iguarias!




19.3.14

O Pai



Terra de semente inculta e bravia,
terra onde não há esteiros ou caminhos,
sob o sol minha vida se alonga e estremece.

Pai, nada podem teus olhos doces,
como nada puderam as estrelas
que me abrasam os olhos e as faces.

Escureceu-me a vista o mal de amor
e na doce fonte do meu sonho
outra fonte tremida se reflete.

Depois... Pergunta a Deus porque me deram
o que me deram e porque depois
conheci a solidão do céu e da terra.

Olha, minha juventude foi um puro
botão que ficou por rebentar e perde
a sua doçura de seiva e de sangue.

O sol que cai e cai eternamente
cansou-se de a beijar... E o outono.
Pai, nada podem teus olhos doces.

Escutarei de noite as tuas palavras:
... menino, meu menino...

E na noite imensa
com as feridas de ambos seguirei.

Pablo Neruda, in "Crepusculário" 




Um poema e uma doce "máquina fotográfica" para o melhor marido e melhor pai do mundo. Feliz Dia do Pai!


Bolo Red Velvet


Adoro a receita do Red Velvet Cake da Ana, do delicioso blogue Anasbageri, mas usei o recheio e cobertura do Bolo de Aniversário da pequena e depois recortei e cobri com pasta de açúcar. Ficou uma CANON muito "rústica" mas que fez um vistão!




Bom apetite e um ótimo Dia do Pai!





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Print Friendly